Avançar para o conteúdo principal

Mensagens

A mostrar mensagens de Outubro, 2010

Espaço "The Indies"

1 de Agosto de 1981: “Uma Revolução chamada MTV”
Texto de Bruno Vieira


A ideia de um canal dedicado à música não era nova quando surgiu a MTV. De facto, pode considerar-se o "Sight of Sound" como a génese daquele canal musical, quando em 1977 a Warner Communications e a American Express, através da joint-venture Warner Amex Cable criaram o primeiro sistema de TV por cabo interactivo (QUBE).
Do pacote de canais comercializados encontrava-se o "Sight of Sound", que permitia aos telespectadores votarem nas canções e artistas preferidos. O sucesso foi tal que a Warner Cable Amex Cable decidiu abrir o canal a outros operadores de cabo com nome e formato novos (Videoclip).

Dança do Som

Blood Red Shoes 

Dão-se pelo nome de Blood Red Shoes. São apenas dois. Novinhos e humildes. Mas bons. Muito bons.
Texto de Ana Luísa Silva
Corria o ano de 2004 quando Laura Mary-Carter (uma morena menineira e super indie) que ansiava ter nascido espanhola e Steven Ansell (um loiraço com ar de menino ingénuo), o eterno sonhador, davam início à banda que já passou pelo nosso país mais do que uma vez.
Detentores de uma energia fantástica e de uma presença em palco que inveja muitos veteranos, os Blood Red Shoes não tinham nem noção que teriam toda esta fama e sucesso passados uns anos.
Quando tudo começou nem um nem o outro se conheciam tão bem assim para darem início a um projecto que exige confiança e cumplicidade. Mas segundo Laura Mary-Carter “existia uma química no ar que se tornou positiva e permitiu que tudo se unisse e desse certo”.
No dia em que a primeira canção foi escrita (ainda sem a melodia), alguém lhes pediu para a tocarem em duas semanas. Tanta pressão obrigou-os a, noite após…

Momento Chill Out

Aulas na escola do Rock N Roll
Para muitos um filme de culto, não pela sua genialidade cinematográfica, mas pelo diletantismo com que apresenta o conflito de gerações, a rebeldia natural da adolescência e a decadência dos valores do passado.

Texto de Patricia Rodrigues
Só um olhar desatento poderá encontrar alguma semelhança entre “Rock‘n’Roll High School” e “Camp Rock High School” ou “American Pie” apesar deste formato, pelo sucesso que teve, ter sido copiado e adulterado ao longo dos tempos.
A sua leveza e jovialidade não são impedimentos para o filme apresentar um olhar crítico e pertinente sobre a sociedade Americana do final dos anos ‘70. 
Servindo-se de figuras estereotipadas, quase caricaturadas, para ilustrar o colapso entre duas culturas e a música como uma expressão privilegiada das mesmas, o filme consegue delinear uma dicotomia entre o passado obsoleto e o futuro emergente, entre a disciplina e a rebeldia.
Basta pensarmos em personagens como a directora com ar Hitleriano, os e…

Momento Classic Rock

Under My Thumb, by The Rolling Stones



Nesta edição do Momento Classic Rock o Som à Letra aflora a polémica da guerra dos sexos, ao som de  Under My Thumb, tema dos Rolling Stones.
Texto de Maria Coutinho 
Editada em 1966 no álbum “Aftermath”, muito se tem dito e escrito acerca desta musica, nem sempre por razões musicalmente relevantes.
É verdade que “Aftermath “ se destaca na obra da banda, não só por ser o primeiro que é composto exclusivamente por originais assinados pela dupla Jagger/Richards, mas também pela presença de vários instrumentos exóticos genialmente introduzidos nas músicas por Brian Jones, como é o caso das marimbas (espécie de xilofone africano) em Under My Thumb.
Também é verdade que a música é bem ritmada, dançável, agradável, e que – polémicas à parte – estava destinada a ser um grande êxito, mesmo sem ter sido editada em single. Mas também acontece que Under My Thumb fica irremediavelmente marcada pela polémica que gerou nos meios feministas dos anos 60, onde a músic…

Som ao vivo

Momento Super Pop

"Drive" com Cars

No momento super pop temos boleia garantida pelos Cars, num registo mais nostálgico com o icónico tema Drive. Texto de Júlia Rocha
 É uma música que respira anos 80, que desperta sentimentos mais românticos. Através da letra temos a perspectiva de um homem suspirando por uma rapariga, com quem, supostamente namora ou tivera um relacionamento. 
Canta um pouco sobre a saudade mas também reflecte sobre o rumo que a mulher que ama está a dar à sua vida a a falta que fazem um ao outro. 
Escrita e lançada em 1984, faz parte do álbum Heartbeat City da banda americana surgida na chamada new wave dos anos 70. 
Este é o maior êxito internacional do grupo. Foi escrita pelo vocalista Ric Ocasek, e cantada pelo outro vocalista dos The Cars, Benjamin Orr. A banda é ainda composta por Elliot Easton, Greg Hawkes e pelo baterista David Robinson. 
O vídeo é protagonizado por uma das mais famosas super modelos de todos os tempos: a checoslovaca Paulina Porizkova que pouco tempo depo…

Dá que pensar...